quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Minha presença.


Não consigo ser discreta, não é da minha natureza. Por onde passo olhares me seguem, minha presença grita o que minha voz silencia. Não é uma escolha, eu nasci assim. Sou feita de barulho, silêncios não me acompanham. E quem não quiser escutar, que tampe os olhos.

Maíra Cintra

14 comentários:

Jackeline Licá disse...

ADOREEEEEEEEEEEEEEEEEI :)

CRIS AQUINO disse...

Adorei e copiei para o face....já estou seguindo seu blog...

Tony Martins disse...

Isso se chama Autoconfiança... E muito bem definida.

BEPClub disse...

Muito bom, gostei =DDD

Mayara Vieira disse...

Nossa, essa frase parece que foi feita para mim, rs.

Parabéns pelo post.

Gislãne Gonçalves disse...

Já eu sou feita de silêncios!

beijos
:)

João Batista de Lacerda disse...

Cada um tem um jeito de ser.

SєиhσяiTα Fαbby♀ disse...

Eu gosto do meu silencio, + acho que algumas vezes é bom ser gritante também!
beijokas
enquete rolando conto com você!
http://wwwparedescolloridas.blogspot.com/

Monise Gabriely disse...

Simplesmente adorei. :D
Gostei mesmo.

Fernando disse...

Gostei do blog, muito bom mesmo...Os posts são ótimos,
siga tbm o meu

http://temtudomega.blogspot.com

Hermann disse...

Vibrante Maíra, escritora do seu Eu, amazona das palavras.


http://plumitivoledor.blogspot.com/
=]

Contradita disse...

Que lindeza seu blog.

Palavras e imagens cheias de cor.

Eu sou feita de barulhos, também. Mas alguns são silenciosos.

E tem aquelas vezes que grito, nem todos escutam. Ainda bem.

Bjo e parabéns pelo espaço.

Monalisa Macêdo. disse...

Adorei.
Lindo , de mais.
Quem carrega a poesia na ponta dos dedos não passa despercebida, faz mesmo barulho.
E obrigadaaaa, pelo comentário lá no blog! ^^
Beijooos

Joice Cordeiro disse...

Adorei o blog, já segui...
Se puder da uma passadinha no meu ?
http://epilogoefinal.blogspot.com/